Como criar um plano de aula

Como criar um Plano de aula?

Antes de ensinar basicamente como criar um plano de aula, vamos primeiro explicar a importância dele na rotina do professor.

Por que devo ter o hábito de criar um plano de aula?

– Ao criar um plano de aula, o professor se prepara para os alunos;

– Não fica perdido e se perguntando: o que era mesmo que eu ia ensinar?

– Tem maior controle sobre a aula;

– Melhor aproveitamento de tempo de aula;



– Um mapa orientador de todos os procedimentos dos conteúdos propostos para aquele dia.

O plano de aula é uma ferramenta muito importante que nos orienta em como devemos conduzir a aula. Basicamente, ela nos direciona, para garantir uma aula com melhor qualidade; principalmente para os professores de primeira viagem (iniciantes), que as vezes ficam  perdidos, ou tem um “branco” repentino do que ele ia fazer durante a aula.

Qual a estrutura para um plano de aula simples?

– Estipular a série/ano;

– Tema;

– Objetivos:

– Conteúdo programático;

– Metodologia;

– Avaliação e

– Referências.

Estipular a série: é importante que fique claro para qual série/ano será aplicada a aula.

Tema: deve ser informado o tema do plano de aula, ex: (Língua Portuguesa: gramática), para uma melhor orientação.

Objetivos: ele nos diz a respeito do que queremos que o aluno aprenda; o que queremos alcançar com o conteúdo proposto e quais os fins em geral. Nos objetivos, a frase deve iniciar com um verbo no infinitivo, ex: (Possibilitar, Expressar, Desenvolver, Proporcionar etc).

Conteúdo programático: trata-se dos conteúdos que serão abordados durante a aula, ex: (substantivos, adjetivos, verbos dentre outros).

Metodologia: é como será aplicado o conteúdo programático; quais  intervenções serão feitas durante a aula e o que os meus alunos irão fazer durante a aula para que eles possam apreender o conhecimento da melhor forma possível.

Avaliação: quando dizemos avaliação, não significa necessariamente aplicar uma prova dentro do conteúdo proposto. Esta avaliação é em um sentido mais abrangente, ou seja, devemos avaliar de todas as formas possíveis o aluno. É necessário ter um olhar amplo e durante a aula avaliar: a participação do aluno, o comportamento da sala perante a apresentação do conteúdo, questionamentos e perguntas durante a explicação, desempenho etc.

Referências: trata-se das bibliografias usadas no plano de aula.

Agora vamos a um exemplo de plano de aula!

PLANO DE AULA EJA

1 – Série: Fundamental EJA, 1º, 2º e 3º ano

2 – Tema: Língua Portuguesa.

3 – Objetivos:

⦁ Identificar letras, sílabas, palavras e frases distinguindo-as;

⦁ Reconhecer o nome de marcas conhecidas;

⦁ Explorar o conhecimento de mundo deles;

⦁ Ampliar a capacidade de leitura e escrita a partir de textos não verbais.

4 – Conteúdo Programático:

– Poema Oração do milho e

– Receita de polenta assada com carne seca.

5 – Metodologia:

E uma roda de conversa, ler o poema sobre “Oração do Milho” e explorar juntamente com os alunos sobre o poema lido. Logo após, propor realizar cos os alunos a receita proposta no plano de aula. Durante a atividade prática, interrogá-los sobre suas receitas preferidas; quais fazem com frequência; como adquiriram a receita, entre outros. Propor que na próxima aula os alunos tragam uma receita.

 

6 – Avaliação:

A avaliação acontecerá mediante observação da participação e envolvimento dos alunos na realização das atividades. O professor também deve estar atento às dificuldades dos alunos em relação à leitura da receita e suas medidas; sempre ajudando durante o processo.

7 – Referências:

(colocar aqui as referências usadas na construção deste plano de aula).

Espero que este exemplo tenha ajudado a todos vocês e até a próxima postagem!…

2 comentários sobre “Como criar um plano de aula

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *